MOMENTO NATURAL

0

Frutos do Brasil: “Livre Trans”

Muito tem-se falado sobre gordura vegetal hidrogenada, e por consequência, gorduras trans. Desde 2006, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) obriga todas as indústrias de alimentos a declararem a quantidade de gorduras trans em seus produtos. O Ministério da Saúde recomenda que não se consuma mais que 2 gramas de gordura trans por dia.
 
A gordura vegetal hidrogenada é obtida através da hidrogenação industrial de óleos vegetais, formando uma gordura de consistência mais firme. Durante este processo de hidrogenação a gordura trans é formada. Portanto, todo produto que possui em sua lista de ingredientes “gordura vegetal hidrogenada”, contém gorduras trans. A gordura vegetal hidrogenada é muito utilizada por redes de fast-food e restaurantes para frituras; nas indústrias para melhorar a palatabilidade e a textura dos produtos e aumentar a vida de prateleira. 
 
Alguns exemplos de alimentos que normalmente contêm gorduras trans são: biscoitos, bolos, batatas fritas, molhos para salada, salgadinhos, margarinas, sorvetes cremosos, picolés, tortas e lasanhas congeladas, salgadinhos, pipoca de microondas, bombons, e tudo mais que contenha gordura hidrogenada.
 
O papel das gorduras trans no metabolismo humano ainda não está completamente estabelecido. Contudo, evidências experimentais e estudos epidemiológicos não excluem o efeito negativo no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, induzidas pelo aumento dos níveis de LDL (“colesterol ruim”) e redução de HDL (“colesterol bom”).
 
As indústrias usam “técnicas” para vender produtos com gordura trans e colocar frases como : "0% de gordura trans" ou “livre trans”. Isso é possível porque se no produto em questão conter até 0,2g de gordura trans por porção, a Anvisa permite que a embalagem estampe a alegação que não contém gorduras trans. Isso permite que o próprio fabricante escolha qual o tamanho de 1 porção de seu produto que fique abaixo de 0,2g. Um fabricante de biscoitos, por exemplo, pode imprimir em sua tabela nutricional que os valores de 1 porção equivalem a 1/2 biscoito, e assim induzir o consumidor a acreditar que esse produto não contém nenhuma gordura trans. A dica é ficar de olho nos rótulos, especialmente na lista de ingredientes.
 
Diante de tudo isso, nossa empresa muito se preocupa com a qualidade nutricional de seus produtos. Assim, temos a alegria de comunicar a todos consumidores dos nossos sorvetes e picolés que nenhum produto fabricado por nós apresenta em sua lista de ingredientes “gordura vegetal hidrogenada”. Por isso todos são “livre trans”. Acreditamos que com todas as informações postadas aqui, estamos promovendo a saúde de quem consome sorvetes e picolés Frutos do Brasil.
Publique na sua rede
últimos comentários

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar!